OPINIÃO

A estratégia do orgulho patriótico- por A. J. Silva

A Coreia do Norte acaba de lançar, desta vez com êxito, o seu tão ambicionado...

OPINIÃO

Apre!

Sei pouco de finanças. Mas, pelo que percebo do que vou lendo e ouvindo desses sábios encartados...

OPINIÃO

Celebrações de quê? - por A. J. Silva

Terminou, pelo menos provisoriamente, o último conflito militar entre Israel e o Hamas, conflito a que...

OPINIÃO

Tempos Virão...

Sintonizado com o tempo litúrgico do Advento, em que os textos bíblicos proclamados nas...

OPINIÃO

A Refundação

(...) A democracia sob cujo manto felizmente vivemos é como a casa antiga: de quatro em quatro anos,...

OPINIÃO

"Outra" Democracia em construção

Há já uns anos que se instalou na sociedade portuguesa uma forte descrença na...

OPINIÃO

Desafios para resolver

No ano de 2004, terminou oficialmente, na África do Sul, o famigerado regime do apartheid. Tratou-se...

OPINIÃO

O princípio da Incerteza

A primeira impressão deixada pelo acórdão do Tribunal Constitucional que declarou a...

OPINIÃO

Iniquidades

O barómetro social vai emitindo para a opinião pública sinais preocupantes de...

OPINIÃO

Os Jogos e a Televisão

A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos veio confirmar que poucas cidades no mundo podem...

OPINIÃO

Sonhos e desilusões

A política é um terreno extremamente propício, talvez o mais propício, aos sonhos...

OPINIÃO

Concertação solidária?

No debate da moção de censura ao Governo, apresentada pelo Partido Comunista e discutida no...

OPINIÃO

FRÁGEIS

Uma visita semântica e concetual ao vastíssimo leque de palavras que, em cada tempo e lugar,...

Ética e Poder

É preciso uma paciência de Job para se poder viver em Portugal, em face de tantas e tão...

OPINIÃO

Erros de comunicação

Um bom político não tem de ser, necessariamente, um grande comunicador, mas um mau comunicador...

opinião

PADRE JOSÉ MAIA

“ HÁ UM TEMPO PARA TUDO…” (Eclesiastes 3. 1-22)
Ora cá está uma mensagem bíblica capaz de inspirar mudanças significativas nos estilos de projetos de vida de pessoas, famílias e da própria comunidade...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Democracia: das escolhas ao arrependimento
Aquilo que caracteriza imediatamente um regime democrático é a possibilidade de os cidadãos escolherem os seus representantes nos órgãos do poder, o que normalmente...