JOSÉ FIGUEIREDO, Economista

SOBRE A DESIGUALDADE: E pur si Muove

(...) Esses modelos levaram a salários exorbitantes – não é impossível...

JOSÉ FIGUEIREDO, economista

SOBRE A DESIGUALDADE: A ameaça das máquinas

Uma nova ameaça paira sobre o frágil equilíbrio das sociedades modernas – a...

JOSÉ FIGUEIREDO

A falsa neutralidade dos mercados

Não há dia que não saia um novo indicador a apontar no mesmo sentido: as sociedades em...

JOSÉ FIGUEIREDO

Porque está o petróleo tão barato?

Muita gente ainda está atordoada com a descida dos preços do petróleo. Como é...

JOSÉ FIGUEIREDO

Felicidade Interna Bruta: Estamos Preparados?

(...) começamos, economistas e não só, a falar cada vez mais da Felicidade Interna Bruta...

JOSÉ FIGUEIREDO

A tragédia dos Bancos

Creio que ainda estamos todos um pouco atordoados com a resolução do BANIF, essa prenda de Natal...

JOSÉ FIGUEIREDO

SOBRE A DESIGUALDADE: Os impostos progressivos

Os impostos progressivos são, para muitos, uma forma justa de redistribuir os rendimentos - o estado...

JOSÉ FIGUEIREDO

UM BALANÇO DA CRISE EUROPEIA: Perceber as causas

(...) A crise na Europa não é o resultado de povos e governos estouvados que gastaram...

JOSÉ FIGUEIREDO

Sobre a desigualdade: uma nova teoria

A desigualdade, em abstracto, é uma coisa má. Tomando a perspectiva moral, creio que nisso...

JOSÉ FIGUEIREDO, ECONOMISTA

Um balanço da crise europeia

À superfície a crise de dívida soberana na Europa parece contida. Com...

JOSÉ FIGUEIREDO, ECONOMISTA

Salário Mínimo em Portugal

O debate sobre o salário mínimo e respectiva actualização em 2016 está...

JOSÉ FIGUEIREDO

A tragédia Grega

A crise grega é mais um exemplo desta contradição. Não conseguimos escapar...

JOSÉ FIGUEIREDO

SOBRE A DESIGUALDADE: Salário Mínimo e Salário Máximo (2)

Os salários mínimos fixados na lei do estado são hoje uma coisa banal – existem em...

JOSÉ FIGUEIREDO

SOBRE A DESIGUALDADE: Salário mínimo e salário máximo

(...) Mas não se faz justiça apenas colocando um mínimo nos salários - a...

JOSÉ FIGUEIREDO

Sobre a desigualdade - I

Porque não nos revoltamos contra os níveis crescentes de desigualdade? Porque aceitam sociedades...

opinião

António José da Silva

O fascínio do poder
O poder, seja este de que tipo for, exerce sempre algum fascínio sobre a maior parte dos homens, e entre os diversos tipos de poder que exercem maior fascínio, está certamente o poder...

opinião

Padre José Maia

Outubro: mês social
A circunstância de, no mês de outubro, se evocarem o Dia do Idoso (dia 1) e o Dia da erradicação da Pobreza (dia 17), inspirou-me a partilha com os leitores de SOLIDARIEDADE de...