DIA DO NÃO FUMADOR

Doze por cento das grávidas fumam

Doze em cada cem grávidas fumam e muitas fazem-no sabendo que prejudicam os seus filhos, alerta o presidente do Conselho de Prevenção do Tabagismo (CPT), a propósito do Dia Nacional do Não Fumador.

Segundo Pais Clemente, uma das situações extremas de exposição ao fumo passivo de tabaco ocorre durante a gravidez. "Estima-se que 12 por cento das grávidas fumam durante a gravidez" e "muitas experimentam um sentimento de culpa em cada cigarro que fumam, sabendo que prejudicam os seus filhos".

"Esta é a situação mais dramática de tabagismo passivo/coercivo" e é também "uma forte evidência do poder aditivo da nicotina", afirma Pais Clemente. Este ano, o Dia Nacional do Não Fumador tem como tema "Não Fumar: Um Direito de Cidadania".

Nesta data, o CPT pretende sensibilizar a população portuguesa para o facto do fumo do tabaco ser "o principal poluidor do ambiente em espaços fechados" "Pretendemos expressar que o tabagismo passivo é uma causa de todos. Merecemos as melhores condições possíveis para viver e respirar. Esse objectivo tem que ser perseguido todos os dias por cada um de nós e também na nossa acção cívica", afirma Pais Clemente.

A propósito do Dia Nacional do Não Fumador, o CPT alerta para alguns dados que constam do estudo europeu Barómetro 2000: 70 por cento dos não fumadores sente-se incomodado pelo fumo passivo do tabaco.

Um outro estudo realizado pelo CPT com 1.154 jovens com uma média de 13 anos de idade concluiu que 82 por cento consideram estar expostos ao fumo passivo do tabaco. Entre estes, 92 por cento preocupa-se com a situação.

 

Data de introdução: 2004-11-18



















editorial

DIREITOS DAS PESSOAS IDOSAS

(...) O envelhecimento humano é um dos únicos fatores naturais que interligam a todos; torna-se primordial o respeito à vida e à dignidade humana, o que é responsabilidade do poder público, mas também de todos os...

Não há inqueritos válidos.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Os populistas e o descrédito do populismo
Nas últimas semanas, foram muitas as notícias protagonizadas por políticos que cultivam aquilo que vulgarmente se chama populismo, um vírus que vem marcando fortemente a vida...

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Ensinamentos da pandemia
Vivemos um tempo único, que toca a todos e em todo o mundo. De repente, mudaram-se hábitos, atitudes, comportamentos e formas de pensar. Instalou-se a incerteza, a angústia, o medo e,...