SAÚDE

Um em cada cinco médicos portugueses fuma

Pelo menos um em cada cinco médicos portugueses fuma (23 por cento), indica um estudo realizado pelo Hospital de São João, no Porto, que será apresentado no âmbito do Dia Nacional do Não Fumador. Segundo o estudo, realizado pelo Serviço de Otorrinolaringologia daquele hospital e divulgado hoje pelo Diário de Notícias, é nas áreas de clínica geral e familiar e saúde pública que se regista uma maior incidência de fumadores entre os médicos.

Nesta profissão, o número de mulheres fumadoras é maior e o Alentejo é a zona onde mais médicos não dispensam os cigarros. Quanto à idade, são os médicos entre os 55 e os 64 anos que mais fumam.

Para o presidente do Conselho de Prevenção do Tabagismo (CPT) Pais Clemente, citado pelo DN, "os médicos deviam ser modelos comportamentais e esta não é uma atitude correcta e adequada". 

Ver notícia no DN

 

Data de introdução: 2004-11-18



















editorial

DIREITOS DAS PESSOAS IDOSAS

(...) O envelhecimento humano é um dos únicos fatores naturais que interligam a todos; torna-se primordial o respeito à vida e à dignidade humana, o que é responsabilidade do poder público, mas também de todos os...

Não há inqueritos válidos.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Os populistas e o descrédito do populismo
Nas últimas semanas, foram muitas as notícias protagonizadas por políticos que cultivam aquilo que vulgarmente se chama populismo, um vírus que vem marcando fortemente a vida...

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Ensinamentos da pandemia
Vivemos um tempo único, que toca a todos e em todo o mundo. De repente, mudaram-se hábitos, atitudes, comportamentos e formas de pensar. Instalou-se a incerteza, a angústia, o medo e,...