10 MILHÕES DE CITAÇÕES NA INTERNET

Morte do Papa tem a maior cobertura da história recente

As 72 horas seguintes ao anúncio da morte do papa ocuparam o maior espaço nos media da História. De acordo com a associação Global Language Monitor, cerca de 75 mil reportagens foram escritas sobre o assunto entre sábado à noite e o final da passada terça-feira.

O número de publicações é quase três vezes maior do que os atentados de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos. Houve 10 milhões de citações do nome de João Paulo II na internet. A associação comparou a morte do Papa com a da princesa de Gales, que também comoveu o mundo. Lady Di teve oito vezes menos aparições nos media que João Paulo II.

A morte do Papa também ocupou 10 vezes mais espaço em jornais, revistas e internet do que a reeleição de George W. Bush para presidente. O levantamento também apontou que o maremoto na Ásia foi cinco vezes menos publicado.

 

Data de introdução: 2005-04-10



















editorial

Olhando o presente perspetivando o futuro

Nesta "estação de pandemia" parece estarmos em descensão, reconquistando, pouco a pouco, uma "nova normalidade". 

Não há inqueritos válidos.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Pandemia e tensões políticas
É hoje evidente que, para além das suas consequências sanitárias, o chamado novo coronavírus está a provocar, um pouco por toda a parte, inegáveis...

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Três aspetos positivos da crise e seis pontos a atender para o futuro
Sobre os últimos meses e da forma como o País e as autoridades públicas reagiram à pandemia retiro três aspetos positivos. O primeiro tem a ver com o elevado nível...