Der Spiegel traça panorama devastador de Portugal

O Der Spiegel, um dos jornais mais importantes da Alemanha, traçou na sexta-feira um panorama devastador da realidade política e económica portuguesa. Com base em dados divulgados recentemente pela SEDES, o jornal diz que Portugal está a atravessar «a pior crise económica e política desde a revolução dos cravos».

Num extenso artigo dedicado ao nosso país, os portugueses são caracterizados como «um povo abandonado por Barroso e Guterres, num impasse agora entre Sócrates e Santana».
«Traídos, frustrados e abandonados por dois dos seus primeiros-ministros eleitos – António Guterres e Durão Barroso - os portugueses, perplexos, preparam-se para votar ou em partidos e políticos que não lhes merecem confiança, ou para se absterem», acrescenta-se no artigo.

Ainda segundo o Der Spiegel, nem o líder do PSD nem o secretário-geral do PS têm capacidade para tirar Portugal da crise. Nenhum dos candidatos foi esclarecedor sobre os seus programas eleitorais durante a campanha nem capazes de satisfazer as dúvidas do eleitorado, precisa-se ainda, concluindo que a consulta do próximo domingo «é uma eleição de pretexto».

 

Data de introdução: 2005-02-22



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...