SAÚDE

Um em cada cinco médicos portugueses fuma

Pelo menos um em cada cinco médicos portugueses fuma (23 por cento), indica um estudo realizado pelo Hospital de São João, no Porto, que será apresentado no âmbito do Dia Nacional do Não Fumador. Segundo o estudo, realizado pelo Serviço de Otorrinolaringologia daquele hospital e divulgado hoje pelo Diário de Notícias, é nas áreas de clínica geral e familiar e saúde pública que se regista uma maior incidência de fumadores entre os médicos.

Nesta profissão, o número de mulheres fumadoras é maior e o Alentejo é a zona onde mais médicos não dispensam os cigarros. Quanto à idade, são os médicos entre os 55 e os 64 anos que mais fumam.

Para o presidente do Conselho de Prevenção do Tabagismo (CPT) Pais Clemente, citado pelo DN, "os médicos deviam ser modelos comportamentais e esta não é uma atitude correcta e adequada". 

Ver notícia no DN

 

Data de introdução: 2004-11-18



















editorial

IDENTIDADE E AUTONOMIA DAS IPSS

As IPSS constituem corpos intermédios na organização social, integram a economia social e são autónomas e independentes do Estado por determinação constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Eleições Europeias são muito importantes
Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu foi escandaloso o nível de abstenção. O mesmo tem vindo a acontecer nos passados atos eleitorais europeus

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Habitação duradoura – a resposta que falta aos sem abrigo
As pessoas em situação de sem-abrigo na Europa, em 2023 serão cerca de 900 mil, segundo a estimativa da FEANTSA (Federação Europeia das Associações...