ENCONTROS COM UNIÕES DISTRITAIS

CNIS faz volta a Portugal

Na sequência da aprovação pela Direcção da CNIS, está a ser cumprido o programa apresentado por Eduardo Mourinha, o elemento da Direcção para área da Relação Interorganizacional, no que concerne às reuniões com os Órgãos Sociais das Uniões Distritais/Federações.
Assim, nos dias 27e 28 de Junho e nos dias 2, 12, 16, 17 e 26 de Julho realizaram-se reuniões com as UDIPSS de Guarda, Porto, Portalegre, Braga, Coimbra, Setúbal e Viseu respetivamente. Nesses encontros foram apresentadas, aos elementos da Direcção da CNIS presentes, sugestões, opiniões e outros assuntos para uma melhor cooperação entre as UDIPSS e a CNIS. Ao Solidariedade Eduardo Mourinho afirmou que será preparado um relatório e “as principais questões serão presentes oportunamente em reunião da Direcção da Confederação para tomadas de posição/decisão”. O dirigente adiantou ainda que, depois da auscultação das sete Uniões, ficou no ar, por proposta de algumas, a possibilidade de se vir a realizar um Encontro Nacional de representantes dos diversos Órgãos Sociais das Uniões/Federações com a CNIS.
Na prossecução deste périplo estão já agendados encontros a 11, 21, 25 e 27 de Setembro e 10, 11, 17 e 18 de Outubro com as UDIPSS de Lisboa, Évora, Leiria, Santarém, Viana do Castelo, Aveiro, Vila Real e Bragança, respectivamente. Oportunamente serão marcadas as reuniões para as restantes Uniões/Federações.
O Conselho Geral da CNIS tomou conhecimento da metodologia destas reuniões.

 

Data de introdução: 2012-08-05



















editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...