VILA FLOR

Misericórdia cria Lar para crianças

A construção de raiz de um Lar para crianças e jovens privados do meio familiar, a aquisição de uma Unidade Móvel de Saúde, e a remodelação do hospital e a ampliação do centro de saúde são os três projectos que a Santa Casa da Misericórdia de Vila Flor está a desenvolver no momento, a par da colaboração com outras entidades.

O Lar vai receber crianças e jovens que “sejam órfãos ou estejam em situação de risco. Por exemplo, cujos pais são alcoólicos, toxicodependentes ou têm outros problemas que colocam em causa o bem-estar das crianças no seio da família. Vai também acolher menores que são entregues, temporariamente, pelo tribunal ou Segurança Social”, avançou Vítor Costa, vice-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Flor.
A obra terá capacidade para 20 crianças e jovens, de ambos os sexos, a partir dos 2 anos e até aos 18. O orçamento ronda os 600 mil euros, suportados integralmente pela Misericórdia, e os trabalhos devem arrancar já na próxima semana, sendo o prazo de execução de um ano.

Ler notícia na íntegra

 

Data de introdução: 2004-10-21



















editorial

SUSTENTABILIDADE

Quando o XXIV Governo Constitucional dá os primeiros passos, o Sector Social Solidário, que coopera com o Estado, deve retomar alguns dossiers. Um deles e que, certamente, se destaca, é o das condições de sustentabilidade que constituem o...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Agenda 2030 e as IPSS
Em Portugal é incomensurável a ação que as cerca de 5 mil Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) existentes, têm vindo a realizar.  As...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

A gratuitidade das creches entre o reforço do setor social e a privatização liberal
 A gratuitidade das creches do sistema de cooperação e das amas do Instituto de Segurança Social, assumida pela Lei Nº 2/2022, de 3 de janeiro, abriu um capítulo novo...