CONTRATO SOCIAL

3 meses depois Governo e parceiros voltam às negociações

As negociações do Contrato Social para a Competitividade e o Emprego entre o Governo e os parceiros sociais vão ser reiniciadas, esta segunda-feira, dia 27, em sede de concertação social.
É a primeira reunião com o Executivo liderado por Pedro Santana Lopes.

A reunião vai servir para fazer o ponto das negociações do Contrato Social, bem como para analisar a situação económica e social do país. 

O Contrato Social foi apresentado aos parceiros sociais a 17 de Junho de 2003 pelo ex-primeiro-ministro Durão Barroso. Por causa da substituição do executivo houve um interregno de três meses. 

O Programa do Governo liderado por Santana Lopes, entregue na Assembleia da República a 23 de Julho de 2004, considerou prioritário concluir as negociações relativas ao Contrato Social para a Competitividade e o Emprego.

 

Data de introdução: 2004-09-28



















editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...