APARTAMENTO DE AUTONOMIZAÇÃO E ACOLHIMENTO FAMILIAR DE CRIANÇAS E JOVENS

Aberto período de candidatura para revisão e celebração de respostas sociais

Teve início nesta segunda-feira, 26 de Julho, o período para os interessados formalizarem os seus pedidos com vista à Celebração/ Revisão de Acordos de Cooperação para assegurar o funcionamento das seguintes respostas sociais: Apartamento de Autonomização dirigidos a jovens refugiados/ menores não acompanhados  e Acolhimento Familiar de Crianças e Jovens.

Em anexol disponibiliza-se o Anúncio de Abertura e respetivos anexos com os termos aplicados para cada uma das respostas sociais para v. conhecimento e divulgação junto das entidades e instituições.

As entidades interessadas devem formalizar os seus pedidos através dos formulários disponíveis na segurança social direta, referentes à Demonstração de Interesse 1/DI/2021, nos seguintes prazos:

- Apartamento de Autonomização, entre 26 de julho e 6 de agosto de 2021

- Famílias de Acompanhamento de Crianças e Jovens, entre 26 de julho e 10 de setembro de 2021

Mais informações, incluindo as condições para o desenvolvimento de cada uma das respostas e os requisitos para a celebração dos respetivos acordos estão disponíveis no sítio da internet da segurança social, separador “Apoio Social e Programas > PROCOOP”.

Para quaisquer questões relacionadas com o formulário de candidatura contacte:

Instituto de Segurança Social, I.P.
Gabinete de Planeamento Social, I.P.
300 510 997  /ISS-PROCOOP@seg-social.pt       

ANEXOS:

Apartamento de Autonomização

Acolhimento Familiar de Crianças e Jovens

 

 

 

 

Data de introdução: 2021-07-26



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...