ESTATÍSTICAS MENSAIS DA SEGURANÇA SOCIAL

Beneficiários de prestações de desemprego com ligeira quebra em relação a janeiro

Os beneficiários de prestações de desemprego aumentaram 35,9% em fevereiro face a igual mês do ano anterior, mas caíram 1,4% comparando com janeiro, atingindo 241.683, segundo as estatísticas mensais da Segurança Social.
Segundo o Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, o número total não inclui as prorrogações das prestações de desemprego, medida adotada no âmbito do combate ao impacto da pandemia de Covid-19.
Em fevereiro, o número de beneficiários do subsídio de desemprego foi de 207.622, um aumento de 39,4% em termos homólogos e uma diminuição de 0,5% considerando janeiro.
Já o subsídio social de desemprego inicial (atribuído a quem não reúna as condições para receber o subsídio de desemprego) abrangeu 10.288 pessoas, o que revela um crescimento homólogo de 27,2% e uma subida de 1% em relação ao mês anterior.
Por sua vez, o subsídio social de desemprego subsequente (para quem já esgotou o subsídio de desemprego) chegou a 23.168 pessoas, um acréscimo de 16% face a fevereiro de 2020 e um decréscimo 9% comparando com janeiro.
O valor médio das prestações de desemprego foi de 509,41 euros por beneficiário.
"Por idades e comparando com fevereiro de 2020, continuam a registar-se acréscimos das prestações processadas em todos os grupos etários, em particular nos grupos mais jovens: o grupo de 24 ou menos anos (78,8%), entre os 25 e os 34 anos (63,4%), entre os 35 e os 44 anos (41,0%), e entre os 45 e os 54 anos (31,4%)", pode ler-se na síntese publicada pelo GEP.
Analisando os beneficiários por sexo, 56,7% são do sexo feminino e 44,3% do sexo masculino, indica o gabinete.
Segundo os dados mensais do emprego publicados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), o número de desempregados inscritos aumentou 36,8% em fevereiro em termos homólogos e 1,8% face a janeiro.
De acordo com o IEFP, no final de fevereiro, estavam registados nos serviços de emprego do continente e regiões autónomas 431.843 desempregados.

 

Data de introdução: 2021-03-25



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...