FÁTIMA

À espera de 30 mil peregrinos

Para as cerimónias do 13 de Maio, o Santuário espera a participação de 30 mil peregrinos que vieram a pé, a que se somam milhares de outros que já enchem todas as artérias da cidade.
No total, o Santuário tem registada a presença de 96 peregrinações organizadas, que evolvem quase cinco mil participantes de países tão como a Alemanha, Bolívia, Eslováquia, Polónia, Estados Unidos, Gibraltar, Índia, Irlanda ou Itália.

Quase 400 elementos da Protecção Civil, agentes da PSP e escuteiros garantem a segurança das pessoas que participam na Peregrinação Aniversária de Maio ao Santuário de Fátima. Com uma dimensão semelhante aos anos anteriores, na operação "Fátima 2005" estão presentes 138 elementos da PSP, com o reforço de mais 38 jovens escuteiros que participam na vigilância das ruas, explicou Levy Correia, da PSP de Santarém.

Para vigiar os carteiristas e o trânsito, as autoridades têm câmaras de vídeo-vigilância na auto-estrada, no Santuário e numa das rotundas de Fátima, utilizando ligações de Internet. Nesta operação participam agentes dos distritos de Santarém, Lisboa, Setúbal, Aveiro, Évora, Portalegre e Castelo Branco, que são coordenados a partir da esquadra de Fátima.

No que diz respeito à protecção civil, participam duas centenas de elementos, entre bombeiros, enfermeiros, médicos e escuteiros, explicou Joaquim Chambel, coordenador distrital da área. Segundo este responsável, o dispositivo de segurança é semelhante aos anos anteriores, incluindo a proibição do tráfego aéreo junto à cidade de Fátima.

 

Data de introdução: 2005-05-13



















editorial

IDENTIDADE E AUTONOMIA DAS IPSS

As IPSS constituem corpos intermédios na organização social, integram a economia social e são autónomas e independentes do Estado por determinação constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Eleições Europeias são muito importantes
Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu foi escandaloso o nível de abstenção. O mesmo tem vindo a acontecer nos passados atos eleitorais europeus

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Habitação duradoura – a resposta que falta aos sem abrigo
As pessoas em situação de sem-abrigo na Europa, em 2023 serão cerca de 900 mil, segundo a estimativa da FEANTSA (Federação Europeia das Associações...