CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DE SANTO ALEIXO

IPSS de Portalegre vai abrir lar para 33 idosos

O município de Monforte, no distrito de Portalegre, anunciou hoje a abertura, na segunda-feira, de um lar de idosos na freguesia anto Aleixo, num investimento de 1,2 milhões de euros.

O equipamento, que vai ser gerido pelo Centro Social e Paroquial de Santo Aleixo, tem capacidade para acolher 33 utentes, em regime de permanência, e permite criar, pelo menos, 15 postos de trabalho. 

"É um momento histórico para a freguesia de Santo Aleixo e para o concelho de Monforte", disse à agência Lusa o presidente do município, Gonçalo Lagem, lembrando que a obra era "sonhada pelas pessoas há mais de 30 anos". 

Segundo o autarca, Santo Aleixo era a única freguesia do concelho que não tinha um lar de idosos.  

As obras foram comparticipadas em 80% através do pacto de coesão da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), cabendo a restante verba à câmara, que cedeu também o terreno.

Gonçalo Lagem recordou que as obras começaram em outubro de 2017, "mas que nem tudo correu bem".

"Não foi cumprido por parte do empreiteiro o prazo de execução da obra, por um período de 10 meses, situação que conduziu a aplicação de multas à empresa construtora", referiu.

O Centro Social e Paroquial de Santo Aleixo desenvolve outros serviços de apoio a idosos e carenciados da freguesia, nomeadamente através das valências de centro de dia e domicílio, dando emprego a 10 pessoas.

A cerimónia de entrega das instalações e mobiliário à entidade gestora está agendada para segunda-feira, pelas 11:00.

 

 

Data de introdução: 2019-08-22



















editorial

Alta clínica sem alta social

Um dos aspetos que, desde há vários anos, vem sendo identificado como prejudicando a melhor afetação dos recursos alocados ao funcionamento do SNS consiste no facto de existir um número muito significativo de pessoas que, após um...

Não há inqueritos válidos.

opinião

OPINIÃO DE MARIA JOÃO QUINTELA

Contra a eutanásia
Múltiplas entidades vêm promovendo, desde há vários anos, a formação para profissionais de saúde que lidam com as matérias ligadas ao envelhecimento,...

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

A política no nosso tempo
O mundo em que vivemos é muito diferente do que foi noutras eras. Hoje, o mundo é mais complexo, mais contestado, mais competitivo, mais diversificado e muito mais dinâmico, já...