ELEIÇÕES DA CNIS

Lista de candidatura liderada por Lino Maia

Apenas uma lista, liderada pelo padre Lino Maia, se apresenta às eleições da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade. É já próximo dia 31 de Janeiro a CNIS vai a votos, em mais um Congresso Eleitoral, no Seminário do Verbo Divino, em Fátima. O ato eleitoral decorrerá entre as 11h00 e as 15h00, estando a tomada de posse dos novos órgãos sociais prevista para as 17h00.

Esta é a lista institucional e única que vai a votos:

LISTA DE CANDIDATURA AOS ORGÃOS SOCIAIS DA CNIS 2015-2018

MANDATÁRIO:
Mário Augusto de Oliveira Dias

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL:
Manuela Rosa Coelho Mendonça de Matos Fernandes – Secretariado Diocesano de Lisboa da Obra Nacional Pastoral dos Ciganos

VICE-PRESIDENTE: Jaime Adalberto Simões Ramos – Fundação ADFP – Assistência, Desenvolvimento e Formação profissional
SECRETÁRIOS:
José Manuel Henriques Casaleiro – APAC – Associação Popular de Apoio à Criança
Maria José Guerra Gamboa Campos – Associação de Protecção à Infância Bispo D. António Barroso
Nuno dos Santos Rodrigues - APEADEIRO – Associação de Tratamento de Doenças de Adição

DIRECÇÃO:

PRESIDENTE : Lino da Silva Maia – Centro Social de S. Martinho de Aldoar
PRESIDENTE-ADJUNTO – João Carlos Gomes Dias – APPACDM de Lisboa
SECRETÁRIO – José Custódio Leirião – Centro Social Paroquial da Azambuja
TESOUREIRO – Eleutério Manuel Alves – Santa Casa da Misericórdia de Bragança
VOGAIS:
José Macário Correia – Fundação Irene Rolo
Maria de Lurdes Borges Póvoa Pombo da Costa – APPADCM de Castelo Branco
Maria João Rebelo Quintela – Associação Portuguesa de Psicogerontologia
José Lopes Baptista – Centro Social das Antas              
­­Maria da Conceição Mendes Marques – Centro Sócio Cultural Desportivo Sande S. Clemente

CONSELHO FISCAL:

PRESIDENTE
Carlos Alberto Lacerda Pais – Centro Comunitário da Vera Cruz
1º VOGAL
Eduardo Júlio Quaresma Mourinha – União Distrital das Instituições de Solidariedade Social de Santarém
2º VOGAL
Maria do Céu de Castro Fernandes Carreira Coelho – Centro Social e Paroquial da Graça


Para o novo mandato, agora de quatro anos, fruto da alteração promovida pelo Governo através do Decreto-Lei n.º 172-A/2014 de 14 de novembro, concorre apenas uma lista, facto que não se verificava há bastantes eleições.
Apesar de concorrer apenas uma lista, os dirigentes da CNIS esperam uma forte participação por parte das IPSS de todo o país como forma de demonstrar a força da Confederação.
Os trabalhos do Congresso Eleitoral iniciam-se às 10h00.

 

Data de introdução: 2015-01-28



















editorial

Confiança e resiliência

(...) Além disso, há um Estado que muito exige das Instituições e facilmente se demite das suas obrigações. Um Estado Social não pode transferir responsabilidades para as Instituições e lavar as mãos quanto...

Não há inqueritos válidos.

opinião

José Leirião

A necessidade de um salário mínimo decente
Os salários, incluindo os salários mínimos são um elemento muito importante da economia social de mercado praticada na União Europeia. Importantes disparidades permanecem...

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Muitos milhões de euros a caminho
O País tem andado a ouvir todo um conjunto de ideias com vista a serem aproveitados os muitos milhões de euros provenientes da Europa. Sobre o que é preciso fazer as coisas parecem...