HOLANDA

Eutanásia em bebés

Um hospital na Holanda, o primeiro país a permitir a eutanásia, propôs recentemente que sejam elaboradas directrizes para a realização de eutanásia entre recém-nascidos doentes em estado terminal. 
Ao mesmo tempo, o estabelecimento revelou que já vem realizando esse tipo de procedimento, com aplicação de doses letais de sedativos. 

O anúncio feito pelo Hospital Académico de Groningen faz aumentar a discussão actual na Holanda sobre a legalização da eutanásia em pessoas que não são capazes de decidir por si mesmas se querem morrer. Uma possibilidade vista com horror pelos opositores da eutanásia e como natural pelos defensores da prática.

Em Agosto, a principal associação médica da Holanda, a KNMG, pediu ao ministério da Saúde que criasse um conselho independente para rever os casos de eutanásia em doentes terminais sem vontade própria, inclusive crianças, portadores de deficiências mentais graves e pessoas em coma irreversível após acidente. 
O ministério prepara uma resposta ainda para o corrente mês de Dezembro.

 

Data de introdução: 2004-12-09



















editorial

IDENTIDADE E AUTONOMIA DAS IPSS

As IPSS constituem corpos intermédios na organização social, integram a economia social e são autónomas e independentes do Estado por determinação constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Eleições Europeias são muito importantes
Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu foi escandaloso o nível de abstenção. O mesmo tem vindo a acontecer nos passados atos eleitorais europeus

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Habitação duradoura – a resposta que falta aos sem abrigo
As pessoas em situação de sem-abrigo na Europa, em 2023 serão cerca de 900 mil, segundo a estimativa da FEANTSA (Federação Europeia das Associações...