ACIDENTES DE TRABALHO

181 mortos em 2003

No ano passado morreram 181 pessoas vítimas de acidentes nos locais de trabalho, segundo dados de um relatório da Inspecção Geral do Trabalho (IGT), apresentado em Maio. Regista-se uma diminuição de 17% em relação a 2002.
Na construção civil morreram 88 pessoas, menos 15% que em 2002. Para o Inspector-Geral do Trabalho, este número demonstra que "na construção em Portugal é possível traba-lhar com segurança". Ataíde das Neves realçou o facto de não ter ocorrido nenhum acidente mortal nas obras dos 10 estádios para o EURO 2004.
Ainda segundo Ataíde das Neves, estes números serão tanto mais significativos se atentarmos no aumento de 19% do número de visitas inspectivas realizadas em todos os sectores. Dados do Instituto Nacional de Estatística, relativos aos Censos 2001.

Solidariedade, Junho de 2004

 

Data de introdução: 2004-09-28




















editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...