PRÉMIO DE JORNALISMO

A Família na Comunicação Social

O Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social promove o prémio de jornalismo “A Família na Comunicação Social”, no valor de € 5 000, com o objectivo de incentivar boas práticas e o debate sobre o tema da família.

As candidaturas devem ser apresentadas até ao dia 30 de Abril, em triplicado, pessoalmente ou por correio registado, na Direcção-Geral da Segurança Social, Av. da República, nº 67, 7º andar, 1069-033 Lisboa.

Podem concorrer:
Os órgãos de comunicação social;
Os jornalistas profissionais e os colaboradores permanentes com trabalhos nas áreas da imprensa, rádio e televisão, publicados e difundidos em Portugal entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2006.

O prémio de jornalismo “A Família na Comunicação Social” foi criado em 2005 e instituído em 2006, tem atribuição anual, representando o contributo da comunicação social na valorização e conhecimento do papel das famílias, no desenvolvimento pessoal dos seus membros e das relações humanas.

Consulte o regulamento

 

Data de introdução: 2007-04-22



















editorial

IDENTIDADE E AUTONOMIA DAS IPSS

As IPSS constituem corpos intermédios na organização social, integram a economia social e são autónomas e independentes do Estado por determinação constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Eleições Europeias são muito importantes
Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu foi escandaloso o nível de abstenção. O mesmo tem vindo a acontecer nos passados atos eleitorais europeus

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Habitação duradoura – a resposta que falta aos sem abrigo
As pessoas em situação de sem-abrigo na Europa, em 2023 serão cerca de 900 mil, segundo a estimativa da FEANTSA (Federação Europeia das Associações...