COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO PARA O SECTOR SOCIAL SOLIDÁRIO 2021-2022

CNIS disponibiliza material de apoio das sessões explicativas

A grande adesão das instituições associadas às quatro sessões promovidas pela CNIS, nos passados dias 26 e 28 de julho e 8 e 9 de setembro, levaram os responsáveis pelas mesmas a partilhar os materiais de apoio que serviram de base a essas mesmas sessões explicativas sobre o Compromisso de Cooperação para o Sector Social Solidário – Biénio 2021-2022, assinado a 5 de julho entre as organizações representativas do Sector Social Solidário e os Ministérios do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Educação e Saúde.
A elevada adesão e participação registadas demonstraram a importância deste instrumento de cooperação para as instituições que, para além de atualizar as comparticipações dos acordos de cooperação celebrados com a Segurança Social, estabelece regras específicas e compromissos sobre o desenvolvimento de respostas sociais, educativas e de saúde.
As quatro sessões decorreram na modalidade online e contaram com 1.115 participantes de 847 IPSS.
O documento de suporte utilizado nas sessões explicativas pode ser consultado AQUI.

 

Data de introdução: 2021-09-20



















editorial

ANO NOVO – NOVOS DESAFIOS

(...) Deve relevar-se como um passo muito significativo o compromisso constante do Pacto de Cooperação, no sentido de o Estado e as Instituições deverem repartir de forma equitativa os encargos com as respostas sociais em que existem...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A revisão do Pacto para a Solidariedade
Nos últimos dias do ano transato os Presidentes da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (AMNP), da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), da...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORT. DO VOLUNTARIADO

ESTRATÉGIA NACIONAL DE COMBATE À POBREZA: Um nobre desafio a Portugal
Finalmente, foi aprovada uma Estratégia Nacional de Combate à Pobreza (ENCP). Apesar de haver aspetos importantes por conhecer, no que respeita a exequibilidade desta Estratégia, em...