CORONAVÍRUS

DGS emite orientação que IPSS devem seguir

Decretada a emergência global, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), no âmbito da infeção por novo Coronavírus (2019-nCoV ou nCoV) com origem em Wuhan, China, a Direção-Geral de Saúde (DGS) portuguesa emitiu uma Orientação, que as IPSS devem levar em conta.
A Orientação da DGS descreve os procedimentos a desenvolver para minimizar o risco de transmissão desta infeção por nCoV.
A orientação pode ser atualizada, a qualquer momento.
Da literatura disponível até ao momento 1, os coronavírus (nCoV – 2019) são transmitidos por:

- gotículas respiratórias (partículas superiores a 5 mícrons);

- contacto direto com secreções infetadas;

- aerossóis em procedimentos terapêuticos que os produzem.

Todo o cuidado é pouco e as IPSS devem ter isso em atenção e seguir as orientações das autoridades.

 

Data de introdução: 2020-01-31



















editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...