CONFERÊNCIA REFUGIADOS

Os desafios de acolher e integrar menores não-acompanhados

No contexto da grave crise humanitária que vivemos, com a chegada maciça à Europa de pessoas com necessidade de proteção internacional, a CNIS tem-se vindo a preparar, ao longo dos últimos meses, para o acolhimento e integração dos menores não-acompanhados a acolher em Portugal.

Com o objetivo de reafirmar o empenho do Estado português e da CNIS no acolhimento de refugiados, em geral, e de menores não-acompanhados, em especial, proporcionando um momento de reflexão e discussão sobre os desafios inerentes a este processo, terá lugar no Porto, no próximo dia 3 de novembro de 2016, a conferência «Menores Não-Acompanhados - Preparar o Acolhimento».

Debater-se-á, desde logo, esta crise de refugiados e em que medida a comunidade internacional tem vindo a falhar. Mas falar-se-á também sobre o que implica o reconhecimento do estatuto de proteção internacional a estes menores, designadamente ao nível das soluções de vida que lhes podem ser oferecidas.

Por último, o foco será dedicado aos desafios de acolher, mas principalmente de integrar menores provenientes de outros contextos, designadamente religiosos e culturais.

Haverá ainda um momento dedicado à perspetiva que têm de todo este processo aqueles que vão ser, ao fim e ao cabo, os pares destas crianças, isto é, as outras crianças que estão do lado de cá.

A entrada é livre, mediante inscrição prévia aqui, até ao próximo dia 31 de Outubro, segunda-feira.

 

Data de introdução: 2016-10-27



















editorial

ELEIÇÕES LEGISLATIVAS

O Orçamento do Estado não era propriamente a questão, mas foi a oportunidade para dar por concluída a missão da “geringonça”… Já se previa!

inquérito

Como avalia o acordo de cooperação 2021-2022 que a CNIS assinou com o governo?

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A pobreza em Portugal
Estatísticas oficiais da União Europeia recentemente divulgadas dizem que a taxa de risco de pobreza dos idosos no nosso País subiu de 20,2% em 2019, para 21,4% em 2020. Nas...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

De Glasgow até às IPSS
Em Glasgow, na Escócia, de 31 de outubro a 12 de novembro, cerca de duas centenas de líderes e representantes estiveram reunidos, essencialmente, para verem como dar continuidade...