CONTRATO SOCIAL

3 meses depois Governo e parceiros voltam às negociações

As negociações do Contrato Social para a Competitividade e o Emprego entre o Governo e os parceiros sociais vão ser reiniciadas, esta segunda-feira, dia 27, em sede de concertação social.
É a primeira reunião com o Executivo liderado por Pedro Santana Lopes.

A reunião vai servir para fazer o ponto das negociações do Contrato Social, bem como para analisar a situação económica e social do país. 

O Contrato Social foi apresentado aos parceiros sociais a 17 de Junho de 2003 pelo ex-primeiro-ministro Durão Barroso. Por causa da substituição do executivo houve um interregno de três meses. 

O Programa do Governo liderado por Santana Lopes, entregue na Assembleia da República a 23 de Julho de 2004, considerou prioritário concluir as negociações relativas ao Contrato Social para a Competitividade e o Emprego.

 

Data de introdução: 2004-09-28



















editorial

Compromisso de Cooperação

As quatro organizações representativas do Sector  (União das Mutualidades, União das Misericórdias, Confecoop e CNIS) coordenaram-se entre si. Viram, ouviram e respeitaram. 

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Regionalização
O tema regionalização mexe com interesses. Por isso, não é pacífico. Do que se trata é de construir uma forma diferente de distribuição de poder e,...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Primaveras que nunca chegaram
Morreu não há muito, em pleno tribunal onde iria ser julgado pela segunda vez, aquele que foi presidente egípcio entre 2012 e 2014, altura em foi deposto por um golpe militar...