CRIANÇAS, IDOSOS E DEFICIENTES

Grupo CID prepara manuais de boas práticas

O Grupo CID -Crianças, Idosos e Deficientes/Cidadania, Instituições e Direitos, realiza uma ampla acção de formação a representantes da maior parte das instituições residenciais para idosos, crianças, jovens e deficientes dos distritos de Leiria e Santarém. As conclusões deste encontro serão apresentadas numa reunião regional das instituições da Zona Centro prevista para o próximo dia 01 de Outubro.

Questões como a escolha do pessoal remunerado e voluntário, normas escritas para prevenir maus-tratos, casos concretos de violação da lei ou modelos de organização vão ser abordados pela centena de técnicos reunidos em Leiria. 

Neste distrito, a directora do Centro Distrital de Segurança Social (CDSS), Conceição Cruz, revelou que foram encerrados este mês dois lares de idosos na sequência da fiscalização das condições feita pelos serviços. Em Santarém, nos últimos dois meses, foram encerrados três lares, em Tomar, Santarém e Porto Alto (Benavente).

O Grupo CID - que integra representantes das instituições públicas ligadas à Segurança Social e da sociedade civil - foi constituído em Abril de 2003, visando a "melhoria da qualidade do atendimento, a implementação de boas práticas e a prevenção de maus tratos" a idosos, jovens, crianças e deficientes.

Armando Leandro, presidente do Grupo CID adiantou que até ao final deste ano vai ser proposta uma alteração à legislação nos casos em que a tutela é rejeitada pela família ou amigos. Nesse sentido, grupos de voluntários poderão vir a assumir a tutela de idosos ou deficientes abandonados pelas famílias, de modo a facilitar a ligação às instituições onde são acolhidos.

Até ao final deste ano, o Grupo CID tenciona concluir a elaboração de manuais de boas práticas para deficientes e crianças, que deverão ser distribuídos às instituições em 2005.
Estes manuais aconselham modelos de organização e de gestão interna das instituições e recomendam modos de tratamento e de acolhimentos dos utentes.


25 de Setembro de 2004

 

Data de introdução: 2004-10-21



















editorial

Legislativas 2019

No contexto da pré-campanha eleitoral para as Eleições Legislativas de 2019 surgiram várias propostas e foram enunciadas algumas preocupações que conectam diretamente com o que são as competências e a tradição...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

A conetividade como condição de sobrevivência das instituições
O conceito que no século XX mais influência teve na economia global, no mundo do trabalho e na vida dos cidadãos foi a globalização. Embora não tenha sido a...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

A China e o desafio de Hong Kong
Já lá vão umas largas semanas sobre o início da crise social e política que atingiu Hong Kong, uma crise que, pelo menos aparentemente, ainda está longe de ter...