EM PEVA - CONCELHO DE ALMEIDA

Abertura do Centro de Apoio ao Idoso

Passados quatro anos após a colocação da primeira pedra, entrou em funcionamento o Centro de Apoio ao Idoso, promovido pela Associação dos Amigos de Peva (AAP).
Tem capacidade para 35 utentes em regime de Lar, 25 em Centro de Dia e 100 na valência de apoio domiciliário. 

Era uma aspiração antiga, dado que, desde 1989, a instituição de solidariedade social (AAP) vinha prestando os seus serviços em instalações provisórias.

Este equipamento vem aumentar a capacidade de oferta no apoio aos idosos do concelho, muito carenciado neste tipo de infra-estruturas. 

O investimento rondou os 750.000 euros, com 260.000 euros de comparticipação pública.
A direcção da instituição considera exígua a verba atribuída pelo Estado:
"Os 260.000 euros que o Estado considerou em PIDDAC (35% do valor do investimento), obrigou ao esgotamento da capacidade financeira da instituição, vendo-se ainda obrigada a contrair um considerável empréstimo bancário. Tudo devido à apregoada política de austeridade que inviabilizou, até ao presente, a reprogramação do financiamento por parte do estado, como o protocolo prevê . Aguardam-se dias melhores, sem contudo se esmorecer ou baixar os braços, pois o pior, que era abrir dentro dos prazos estabelecidos, já passou". 

"Porque era tarde para se parar, e ficar parado não leva a lado nenhum, nada mais restava que meter ombros à obra até ao seu final, tendo em conta que os que necessitam não podem ficar eternamente à espera" - afirmam os responsáveis da AAP, acrescentando:
"A importância de uma obra como esta terá necessárias repercussões na localidade e concelho, não só pelos objectivos, mas também pelos postos de trabalhos que cria e pelos produtos que consome, sendo de longe o maior empregador, consumindo ainda parte significativa do que se produz na localidade".

A AAP sublinha ter oCentro de Apoio ao Idoso, nas diversas valências, "a particularidade de se localizar numa pequena localidade rural, o que lhe confere um ambiente único, onde o sossego impera e o retorno às origens se sente. Com uma envolvência e vistas deslumbrantes, os idosos podem estar ou passear livremente, sem qualquer risco. 
Equipado com o melhor que há na área da geriatria, não só se responde a todas as situações que o idoso exige, como facilita a trabalho a quem deles cuida.
A qualidade das instalações, a especificidade do equipamento e a formação do pessoal recrutado, fazem com que o passo seguinte seja o da Certificação de Equipamento de Qualidade". 

Os interessados nas vagas disponíveis podem contactar esta IPSS pelo telefone 271 448 528.

 

Data de introdução: 2004-10-21



















editorial

Olhando o presente perspetivando o futuro

Nesta "estação de pandemia" parece estarmos em descensão, reconquistando, pouco a pouco, uma "nova normalidade". 

Não há inqueritos válidos.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Pandemia e tensões políticas
É hoje evidente que, para além das suas consequências sanitárias, o chamado novo coronavírus está a provocar, um pouco por toda a parte, inegáveis...

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Três aspetos positivos da crise e seis pontos a atender para o futuro
Sobre os últimos meses e da forma como o País e as autoridades públicas reagiram à pandemia retiro três aspetos positivos. O primeiro tem a ver com o elevado nível...