CASA DO GAIATO

Ministro diz que modelo de funcionamento deve ser repensado

O ministro da Segurança Social, Fernando Negrão, assegurou que já foram tomadas medidas para salvaguardar os interesses das crianças da Casa do Gaiato e defendeu que o modelo de funcionamento da instituição deve ser repensado.

"Ás vezes o que acontece é que as pessoas estão a trabalhar de boa-fé, mas o modelo nem sempre é o mais adequado", disse Fernando Negrão aos jornalistas, à saída do debate do Orçamento de Estado, que decorre na Assembleia da República.

Questionado sobre os resultados da auditoria realizada pela Segurança Social à Casa do Gaiato, que conclui pela existência de indícios de maus-tratos psicológicos e físicos, e descreve o ambiente da instituição como sendo de "isolamento, repressão e clausura", Fernando Negrão garantiu que "já há medidas tomadas para salvaguardar os interesses das crianças".

Para o ministro da Segurança Social, a discussão deverá agora centrar-se no modelo de funcionamento da Casa do Gaiato: "a discussão deve ser sobre se será o mais adequado", disse.

Fernando Negrão adiantou ainda que o seu ministério já está a trabalhar para a construção de equipas de técnicos da Segurança Social e da Casa do Gaiato, que deverão intervir na instituição.

O ministro da Segurança Social garantiu também que "o Governo está empenhado em enfrentar situações como esta", tal como já o fez em relação à Casa Pia de Lisboa, embora não tenha qualquer tutela sobre a Casa do Gaiato.

O actual ministro das Finanças e antigo ministro da Segurança Social Bagão Félix recomendou prudência a leitura do relatório final da auditoria. "Temos de ter cuidado com a leitura apressada de relatórios", frisou, recordando que, enquanto ministro de Segurança Social, iniciou averiguações não só na Casa do Gaiato, mas em todas instituições que acolhem crianças.

 

Data de introdução: 2004-11-22



















editorial

XXII GOVERNO CONSTITUCIONAL

(...) Sendo o Sector Social e Solidário um importante pilar do Estado Social e o principal agente na proteção social direta, estranha-se o quase desconhecimento da cooperação no programa do Governo já que as anteriormente citadas e...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Sobre um pensamento de JORGE DE SENA
Este ano comemora-se o centésimo aniversário de Jorge de Sena que nos deixou uma obra colossal. É da sua autoria a seguinte frase: “A verdadeira dimensão do humano...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

América Latina: de novo em foco
Houve tempos em que a América Latina constituía um tema importante e recorrente no espaço que os Meios de Comunicação dedicavam à vida política...