OPINIÃO

O interminável sofrimento de um povo

Há países e povos, cuja história está marcada pelo sofrimento. A Somália...

OPINIÃO

O Mundo mudou...

Tudo muda, como se sabe: as pessoas, as coisas, as ideias, o mundo. A mudança opera ainda que de forma...

OPINIÃO

A ascensão política das mulheres

Apesar dos avanços registados nas últimas décadas, as mulheres não têm ainda...

OPINIÃO

Novos Rumos para a Solidariedade

A sociedade portuguesa habituou-se a contar com as IPSS como autênticas “bombeiras da...

OPINIÃO

Às urnas, cidadãos - Ou não?

Votei pela primeira vez nas eleições para a Assembleia Constituinte, em 25 de Abril de 1975. Foi...

OPINIÃO

«Sem à dita de Aquiles ter enveja»

Dantes, nas famílias - naquelas numerosas, que então havia, cheias de ramos e de parentes, de...

OPINIÃO

A Líbia e o Iraque

Não obstante as especificidades de cada caso, não é possível olhar para o que se...

OPINIÃO

Líderes, precisam-se!

Os líderes e os génios não resultam de eleições; impõem-se por si...

OPINIÃO

As Instituições Sem Fins Lucrativos pagam mais imposto que as...

Com o título Estado devolveu 85,7 milhões em IVA à Igreja Católica entre 2005-09,...

OPINIÃO

Eppure si muove

As direcções do PCP e do Bloco de Esquerda anunciaram que se vão reunir para...

OPINIÃO

A solidão mata

Nas últimas semanas têm saltado para as primeiras páginas dos jornais e merecido a...

OPINIÃO

Foi «por bem»

José Sócrates defende, como diz, a regionalização – mas deixou-a de lado...

OPINIÃO

Revolução estranha

Independentemente do que vier a acontecer no futuro, há sérios motivos para dar a este movimento...

OPINIÃO

«Mercado» do Voluntariado

Ele há cada uma! Foi mesmo assim que ouvi, em directo, num programa radiofónico, a...

OPINIÃO

«Entre Duas Memórias»*

Em 15 de Janeiro último, a CNIS fez trinta anos. Nesse dia, mas do já distante ano de 1981, foi...

opinião

PADRE JOSÉ MAIA

Depoimento...
Acompanhei, com a maior atenção, a cerimónia pública (apesar de pouco publicitada pela comunicação social) da assinatura do COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Os riscos dos referendos
Aparentemente, o regime político perfeito seria aquele cuja prática fosse sempre a da democracia directa. Na impossibilidade comprovada de isso acontecer, sobra o recurso à...