COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO 2021-2022

CNIS promove sessões explicativas do documento assinado a 5 de julho

Assim, serão realizadas quatro sessões online, nos dias 26 e 28 de julho e 8 e 9 de setembro, entre as 10h00 e as 13h00. A opção pelo formato webinar prende-se com a atual situação pandémica, sendo que as experiências anteriores têm provado ser uma modalidade eficaz.

As inscrições estão limitadas a dois participantes por instituição. A CNIS aconselha que, preferencialmente, as instituições inscrevam um elemento da Direção e um elemento da equipa técnica. Cada sessão terá um limite de 250 instituições, sendo as inscrições consideradas pela ordem de chegada.

Cada IPSS associada poderá inscrever-se numa das sessões de acordo com a sua disponibilidade:

Sessão 1: 26 de julho de 2021 – Inscreva-se aqui.

Sessão 2: 28 de julho de 2021 – Inscreva-se aqui.

Sessão 3: 8 de setembro de 2021 – Inscreva-se aqui.

Sessão 4: 9 de setembro de 2021 – Inscreva-se aqui.

Para mais informações ou esclarecimentos sobre as sessões de esclarecimento do Compromisso de Cooperação 2021-2022 as instituições devem contactar a CNIS, através do endereço cnis@cnis.pt ou do telefone 226 068 614.

 

Data de introdução: 2021-07-13



















editorial

DIRIGENTES SOCIAIS

Temos uma grande rede de apoio social de proximidade porque existem no terreno milhares de Instituições de Solidariedade, sustentadas por milhares de homens e mulheres Dirigentes Sociais voluntários. 

inquérito

Como avalia o acordo de cooperação 2021-2022 que a CNIS assinou com o governo?

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

Os valores que escasseiam nos dias de hoje
A preocupação central com o ser humano, a liberdade e o desenvolvimento de uma cultura reformista e de compromisso são, em minha opinião, os três valores mais decisivos no...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Acácio Catarino um amigo das IPSS
Há mulheres e homens que não deveriam morrer. Contrariamente ao pensamento predominante, eu defendo que há gente mesmo imprescindível. Bem diferente é os que vivem como...