A propósito de alguns despropósitos

Ainda no rescaldo das celebrações festivas do 25 de Abril, sobretudo as que as televisões...

O Empreendedorismo e a Estratégia de Lisboa

Os programas de Empreendedorismo são, correntemente, dos temas mais em foco em muitas sociedades. A...

Porque tu me disseste: Quem me dera em Maio*

Escrevo este crónica entre o dia 25 de Abril e o dia 1 de Maio. Para as pessoas da minha idade –...

JOÃO PAULO II

A Humanidade já o canonizou há muito

Os milagres de João Paulo II estão no exemplo de vida, nos testemunhos e na acção...

Portugal está a perder o Norte

Tem sido insistente e recorrente a publicação de dados estatísticos e artigos de...

O futuro dos Serviços Sociais de Interesse Geral - SSIG

No âmbito da execução do Programa Comunitário de Lisboa (estratégia de...

Só sábios éramos sete…

Quando eu estudava Direito, em Coimbra, antes do 25 de Abril, vários professores estavam ausentes, por...

ESTÉTICA OU ÉTICA?

As transformações que vão acontecendo em cadeia e a altíssima velocidade nas...

Em defesa da Constituição

Anda meio país “alevantado” por causa do encerramento de muitos serviços de...

Pai - Ou substituto?

1 - Com a devida autorização dos Ministérios da Educação e da Saúde,...

Constitucionalmente falando

Consciente do risco que significa este “atrevimento” de propor uma leitura guiada de alguns...

Romper o ciclo da pobreza (a pobreza dos pais não pode ser causa da...

Já há muito que todos nos apercebemos que os sistemas económicos e sociais vigentes...

O País e as IPSS

Há dias fui informado por e-mail que o Estado tinha intenção de entregar directamente...

ANO NOVO...VIDA QUÊ ?

O bom povo bem diz: “Ano Novo, Vida Nova”; porém, e sem querer ser pessimista nem velho do...

Vade retro, vá de metro, vá de burro passear...

Na semana que hoje encerra – escrevo a 1 de Dezembro -, o Tribunal de Contas publicou um...

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

A indisfarçável ausência de planeamento na gestão da pandemia
O medo instalou-se. É indisfarçável. Os números das últimas semanas anunciam o pior e as entidades oficiais confirmam. Teme-se a rotura nos hospitais. Entretanto, perante...

opinião

JOSÉ LEIRIÃO

Os dias passam e a incerteza permanece acerca do futuro na saúde e na economia e no emprego
A informação e as diferentes medidas tomadas pelos vários países na União Europeia são diferentes e, em muitos casos, contraditórias. Isto demonstra a falta...