Ética e Poder

É preciso uma paciência de Job para se poder viver em Portugal, em face de tantas e tão grandes poucas vergonhas com epicentro na área do poder político e dos vários conluios de interesses económicos e financeiros! Aqui há uns anos, o semanário INDEPENDENTE ia-nos brindando, na sexta-feira de cada semana, com uma notícia de capa que fazia tremer os governantes. E várias foram as vítimas de alguns desses títulos! De há uns anos a esta parte, não há dia em que não sejamos surpreendidos com desagradáveis surpresas nas nossas contas públicas e comportamentos políticos muito pouco éticos e desatentos em relação ao interesse nacional que deveriam acautelar na gestão da “res pública”! Porém, como se não bastasse o que se tem sabido nos últimos meses sobre “desvios colossais” de dinheiros públicos para bolsos particulares, aparece a bronca dos serviços secretos a demonstrar que os vários Poderes Institucionais estão mesmo a ser assaltados por “poderes ocultos” que ameaçam dominar tudo e todos! Claro que temos de separar o trigo do joio e não meter toda a gente no mesmo saco! Porém, o povo começa a ficar impaciente e tudo aponta para que, mais uma vez, (só falta saber quando e como será?!) recorde aos que se candidatam a ser Poder uma pequena quadra que ajudou a preparar Abril: “vós que lá do vosso império prometeis um mundo novo…lembrai-vos que pode o Povo querer um mundo novo a sério”.

Pe. José Maia

 

Data de introdução: 2012-06-21



















editorial

GARANTIR OS VALORES COM SUSTENTABILIDADE (Seminário - conclusões)

As Instituições enfrentam constrangimentos que poderão colocar em causa a sua sustentabilidade, e que resultam, nomeadamente: do modo de criação das IPSS. 

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

A Europa fabrica mais caixões do que berços
A Europa apresenta a maior perda de população da história moderna. A Alemanha já tem a menor taxa de natalidade do mundo. Nas últimas seis décadas, a...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Índia: as preocupações de cristãos e muçulmanos
Durante muitos anos, o nacionalismo foi entendido como uma das manifestações da afirmação de qualquer povo no mundo. Embora não se trate de conceitos totalmente...