CNIS

Ex-dirigentes homenageados na Assembleia Geral

O Hotel Cinquentenário, em Fátima, recebeu a Assembleia Geral Ordinária da CNIS, a primeira desde que os novos Corpos Sociais foram eleitos, em Fevereiro. O destaque da Reunião Magna da Confederação vai para a homenagem a três dirigentes que ao longo de mais de 15 anos desempenharam funções directivas.
Perante os representantes de 91 IPSS presentes, o presidente da CNIS, padre Lino Maia entregou placas evocativas a José Quirino, Manuel Domingos e Eugénio Fonseca, sendo que este último foi o único que não esteve presente em Fátima, pelo que a distinção foi entregue a um representante da Cáritas, instituição cujo homenageado preside.
Da ordem de trabalhos constava a apreciação e votação do Relatório de Actividades de 2011 e ainda o Relatório e Contas relativo ao mesmo período, documentos que receberam a aprovação da Assembleia. O primeiro foi aprovado por unanimidade, enquanto o segundo recebeu 85 votos a favor, cinco abstenções e um voto contra.
Com poucos pedidos de esclarecimento por parte da Assembleia relativo aos documentos apresentados, seguiu-se um momento em que alguns representantes das IPSS presentes pediram algumas explicações à Direcção sobre a Portaria recentemente publicada pelo Governo que diz respeito às alterações introduzidas às regras a aplicar nas Estruturas residenciais para pessoas idosas.

P.V.O.

 

Data de introdução: 2012-03-24



















editorial

Compromisso de Cooperação

As quatro organizações representativas do Sector  (União das Mutualidades, União das Misericórdias, Confecoop e CNIS) coordenaram-se entre si. Viram, ouviram e respeitaram. 

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Regionalização
O tema regionalização mexe com interesses. Por isso, não é pacífico. Do que se trata é de construir uma forma diferente de distribuição de poder e,...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Primaveras que nunca chegaram
Morreu não há muito, em pleno tribunal onde iria ser julgado pela segunda vez, aquele que foi presidente egípcio entre 2012 e 2014, altura em foi deposto por um golpe militar...