LEIRIA

Lúcia Ferreira apela à união no combate à droga

Não é fácil a tarefa de Lúcia da Silva Ferreira, a nova directora da Unidade de Prevenção do Distrito de Leiria do Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT), que tomou posse sexta-feira passada, no Governo Civil. 

Doentes nas unidades de tratamento em Leiria, Peniche e Pombal são 1144, 416 dos quais em programas de substituição opiácia, incluindo 19 casos de sida associados à toxicodependência. 
Os números, embora ligeiramente inferiores a 2002 e a 2001, dão que pensar. 

Ler notícia na íntegra

 

Data de introdução: 2004-10-21



















editorial

ESTADO E PROTECÇÃO SOCIAL

(...) Estas organizações estão protegidas pelo número 5 do artigo 63º da Constituição da República Portuguesa, que reconhece a  sua existência, enquadrando, então, as Instituições Particulares...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Mais proximidade e mais horizontalidade nas políticas sociais
Seguramente que em Portugal as realidades sociais são distintas, por exemplo, entre as regiões do interior, mais rurais, de outras, como os grandes centros urbanos e as suas periferias.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

O peso da História
A História pesa sempre na construção da identidade de um país. Em alguns casos, ela é mesmo invocada como factor decisivo na definição da consciência...