CARTA ÀS INSTITUIÇÕES - AGOSTO DE 2009

SENHOR (ª) PRESIDENTE

Porque para as questões da solidariedade não há pausas, em tempo, que deveria ser de férias, mantém-se o contacto mensal da CNIS.

Os assuntos são vários, mas alguns merecerão especial destaque.

1. CONTRATAÇÃO COLECTIVA

Sobre o tema “Contratação Colectiva”, leia atentamente os dois anexos desta Carta Mensal”.

2. DIAS CELEBRATIVOS

Os dias comemorativos sucedem-se: “Dia Internacional da Educação” (7 de Agosto), “Dia Internacional das Populações Indígenas de Todo o Mundo” (9 de Agosto), “Dia Internacional da Juventude” (12 de Agosto), “Dia Internacional da Paz” (6 de Setembro), “Dia Mundial da Alfabetização” (8 de Setembro), “Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozono” (16 de Setembro), Festa da Solidariedade (19 de Setembro), “Dia Mundial da Doença de Alzheimer” (21de Setembro), “Dia Europeu das Línguas” (26 de Setembro), “Dia Mundial do Coração” (29 de Setembro).

Não deixe de promover na sua Instituição iniciativas de sensibilização…

3. ENCONTRONTROS REGIONAIS

No sentido de favorecer o conhecimento mútuo e de possibilitar a todas as Instituições oportunidades de se fazerem ouvir e de partilharem dúvidas, experiências e respostas, a CNIS agendou um programa de encontros regionais com as IPSS e com as Uniões Distritais. Com os seus assessores, a Direcção percorrerá todo o país nos próximos meses e dá a esses encontros regionais grande importância: a participação a todos beneficiará e com ela também ganhará todo um sector ao qual todos nós temos dado o nosso melhor e que ainda muito espera de nós.
O primeiro encontro será com as associadas de base e de nível intermédio (IPSS e Uniões Distritais) dos distritos de Bragança, Vila Real e Viseu. Será no dia 5 de Setembro em Chaves (não em Vila Real como em carta anterior se anunciava).
De manhã, às 10h., na Misericórdia de Chaves (direcções das Uniões).
De tarde, às 15h., na Escola de Artes e Ofícios Prof. Nuno Rodrigues (Avenida da Galiza/Estrada da Fronteira, em Chaves), para todos os dirigentes das IPSS daqueles distritos.

4. FESTA E CHAMA DA SOLIDARIEDADE

Em 19 de Setembro, na “Festa da Solidariedade”, Viseu é o lugar de encontro de todos e para quantos andam envolvidos nas causas solidárias. Nos cinco dias anteriores, saindo de Barcelos, a “Chama da Solidariedade”, percorrerá os distritos de Braga, Vila Real e Viseu

Por favor, preencha a Ficha de Presença (enviada com a Carta IPSS-09.07) e proceda ao seu envio para a CNIS até ao dia 15 de Agosto.

5. PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO DE 2009

Depois de um longo processo negocial foi assinado no dia 29 de Julho o Protocolo de Cooperação de 2009.
Certamente surge bem mais tarde do que o desejado pela generalidade dos dirigentes das IPSS que diariamente se confrontam com dificuldades acrescidas por dúvidas sobre os contornos da cooperação, a sustentabilidade das Instituições e as vias solidárias a ensaiar. Mas sempre será bem melhor um tardo acordo que desanuvie o ambiente na cooperação do que um prematuro acordo que irremediavelmente o aventure.
O Protocolo de 2009 é um documento regulador que dá continuidade ao compromisso assumido entre o Estado e as instituições particulares de solidariedade social, assente numa partilha de objectivos comuns e na repartição de obrigações e responsabilidades no combate à exclusão, na promoção de mais justiça social, bem como no desenvolvimento de serviços fundamentais às populações e ao apoio às famílias.

Com o próximo Solidariedade receberá o texto do Protocolo e pode consultar aqui no Solidariedade online.

Com os cumprimentos de respeito e amizade,


Porto, 30 de Julho de 2009


O presidente da CNIS

Lino Maia

 

ANEXO 1

CONTRATAÇÃO COLECTIVA - 2009

ANEXO 2

PROPOSTA DE CATEGORIAS E CARREIRAS A EXTINGUIR – CCT


 

Data de introdução: 2009-07-31



















editorial

Compromisso de Cooperação

As quatro organizações representativas do Sector  (União das Mutualidades, União das Misericórdias, Confecoop e CNIS) coordenaram-se entre si. Viram, ouviram e respeitaram. 

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Regionalização
O tema regionalização mexe com interesses. Por isso, não é pacífico. Do que se trata é de construir uma forma diferente de distribuição de poder e,...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Primaveras que nunca chegaram
Morreu não há muito, em pleno tribunal onde iria ser julgado pela segunda vez, aquele que foi presidente egípcio entre 2012 e 2014, altura em foi deposto por um golpe militar...