Banco dá telemóveis aos pobres

O Grameen Bank, que se tornou conhecido por ajudar os pobres do mundo, vai financiar a aquisição de telemóveis por parte dos mendigos do Bangladesh.
O objectivo do projecto é que os mendigos emprestem os aparelhos, por uma certa quantia, a pessoas de uma aldeia onde não existe telefone convencional. Com o dinheiro arrecadado, eles poderão pagar a dívida e, futuramente, talvez deixar de mendigar.

«Esse grupo menos favorecido pela sorte merece uma oportunidade de melhorar de vida. E nós acreditamos que o nosso projecto promoverá a mudança», disse Dipal Chandra Barua, vice-director administrativo do banco, à agência de notícias Reuters.

O Grameen Bank, criado pelo professor de economia Mohammad Yunus, já recebeu vários prémios internacionais por ter feito pequenos empréstimos a famílias carentes para que elas pudessem abrir o seu próprio negócio, como por exemplo a criação de galinhas. «Em pouco tempo, estas pessoas tornaram-se auto-suficientes e hoje são como sócias do banco», relatou aquele responsável da instituição bancária.

 

Data de introdução: 2004-10-21



















editorial

GARANTIR OS VALORES COM SUSTENTABILIDADE (Seminário - conclusões)

As Instituições enfrentam constrangimentos que poderão colocar em causa a sua sustentabilidade, e que resultam, nomeadamente: do modo de criação das IPSS. 

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

A Europa fabrica mais caixões do que berços
A Europa apresenta a maior perda de população da história moderna. A Alemanha já tem a menor taxa de natalidade do mundo. Nas últimas seis décadas, a...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Índia: as preocupações de cristãos e muçulmanos
Durante muitos anos, o nacionalismo foi entendido como uma das manifestações da afirmação de qualquer povo no mundo. Embora não se trate de conceitos totalmente...