CASA DOS RAPAZES - FARO

Angariação de fundos para jardim de infância

Depois do sucesso da creche "O relógio", o Instituto D. Francisco Gomes lança a primeira pedra para a criação de uma infra-estrutura pré-escolar. A apresentação do projecto teve lugar dia 20 de Março, num almoço oferecido pela instituição aos Órgãos de Comunicação Social e a algumas entidades privadas de prestígio na região. 

O mote foi " Venha ajudar na construção do pré-escolar O Relógio" e o objectivo sensibilizar as empresas e outras entidades para a importância deste projecto, não só para a comunidade local mas principalmente para a concretização de uma estratégia de gestão auto-suficiente que a direcção do Instituto D. Francisco Gomes vem implementando.

Contando com o apoio da Segurança Social e da Direcção Regional de Educação do Algarve, estive também presente neste almoço o Eng. Libório Correia (Director Regional da Educação) que, dando o exemplo, lançou o primeiro tijolo da obra e relembrou que são iniciativas como estas que diferenciam o trabalho de certas instituições, abrindo-as para a comunidade e dignificando o seu trabalho.
Com capacidade para 75 crianças com idades compreendidas entre os três e os cinco anos de idade, o futuro jardim-de-infância "O Relógio" compreende três salas de aulas, uma sala de apoio e refeitório. Como explica António Barão, trata-se de um espaço de qualidade tal como a creche "O Relógio", inaugurada em Setembro de 2005, e que vem dar resposta à elevada procura que se verificou aquando das inscrições para a mesma: "Muitos pais telefonavam pensando que a creche "O Relógio" recebia crianças com mais de três anos. Se o pré-escolar já era uma ambição, passou a ser uma certeza. Sendo uma continuidade do projecto da creche decidimos baptizar com o mesmo nome e construí-lo com a mesma qualidade".

Com um orçamento que ronda os 40 000 euros é indispensável conseguir mecenas que contribuam para a concretização desta obra, que se mostra de grande importância para assegurar a sustentabilidade, a longo-prazo, do papel desempenhado pelo Instituto D. Francisco Gomes na educação de mais de 60 crianças/adolescentes. Só com o estabelecimento de sinergias com entidades públicas e privadas se conseguirá reunir as condições necessárias, não só para a edificação do pré-escolar mas igualmente para o apetrechamento do mesmo com materiais didácticos de qualidade.

 

Data de introdução: 2006-04-12



















editorial

Respostas sociais dirigidas a pessoas idosas

Um diagnóstico de saúde da população servida pelas IPSS associadas da CNIS, feito pela Universidade de Évora e coordenado pela investigadora responsável Felismina Mendes, revela que, segundo a Carta Social, no período 2000-2016,...

Não há inqueritos válidos.

opinião

PADRE JOSÉ MAIA

“Quem não é contra nós, é a nosso favor…”
Inspirei-me nesta mensagem de S. Marcos (9.38-40) para partilhar com os leitores do SOLIDARIEDADE um processo de análise de comportamentos humanos que não é muito habitual na...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

O Mediterrâneo e o naufrágio da Europa
A Europa está a passar por um momento difícil no que respeita ao seu grande objectivo político de constituir e funcionar como uma verdadeira União, fazendo assim jus ao nome por...