DANÇANDO COM A DIFERENÇA, FUNCHAL

Ação pioneira para angariar fundos através do Facebook

A Dançando com a Diferença lançou em janeiro uma campanha de angariação de fundos original e pioneira a nível das IPSS, potenciando uma das realidades atuais, ou seja, as redes sociais.
A afluência de doações privadas através do Facebook fruto das campanhas de angariação de fundos nas datas de aniversário, uma ferramenta disponibilizada pela plataforma aos seus utilizadores. Estes viram neste tipo de recolha de fundos para os Dançando com a Diferença uma forma de celebrar a sua data especial e apoiar a instituição.
“É uma rede de contactos que se transforma em rede de apoio e solidariedade”, afirma Henrique Amoedo, diretor artístico da associação.
E sendo a Dançando com a Diferença uma associação que promove a dança inclusiva, as verbas angariadas nestas campanhas destinam-se a garantir às pessoas que compõem os círculos de contactos mais próximos dos seus bailarinos (pais e cuidadores) consultas de acompanhamento psicológico.
Estas sessões são momentos para o levantamento de questões, esclarecimento de dúvidas e resolução de problemas pessoais que possam estar ligados às questões da deficiência e do relacionamento familiar e social.
As 40 angariações efetuadas no Facebook até ao lançamento desta ação já rendeu uma verba para cerca de 160 consultas de acompanhamento psicológico ao longo de 2019.
“A responsabilidade para com aqueles que connosco trabalham é algo inerente ao nosso trabalho e quando percebemos que há algo que não corre muito bem, muito próximo de nós, temos que intervir”, refere o diretor artístico da Dançando com a Diferença, explicando: “As doações que temos recebido através das campanhas de angariação de fundos criadas no Facebook, pelas pessoas nas suas datas de aniversário, trouxeram um recurso financeiro que não era previsto. Estamos a aproveitar para investi-lo numa área em que há uma necessidade premente”.
Para Henrique Amoedo, “as diferentes necessidades no exercício da parentalidade por vezes escapam à compreensão dos sistemas de apoio social, porque ser pai, mãe ou cuidador de um jovem com deficiência traz algumas questões que merecem ser esclarecidas e acompanhadas, algumas vezes por profissionais que consigam ajudar e orientar os envolvidos”.
A ligação para a criação de campanhas de angariação de fundos no Facebook à Dançando com a Diferença é ESTA.

 

Data de introdução: 2019-02-06



















editorial

XXII GOVERNO CONSTITUCIONAL

(...) Sendo o Sector Social e Solidário um importante pilar do Estado Social e o principal agente na proteção social direta, estranha-se o quase desconhecimento da cooperação no programa do Governo já que as anteriormente citadas e...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Sobre um pensamento de JORGE DE SENA
Este ano comemora-se o centésimo aniversário de Jorge de Sena que nos deixou uma obra colossal. É da sua autoria a seguinte frase: “A verdadeira dimensão do humano...

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

América Latina: de novo em foco
Houve tempos em que a América Latina constituía um tema importante e recorrente no espaço que os Meios de Comunicação dedicavam à vida política...