APCC – ASSOCIAÇÃO DE PARALISIA CEREBRAL DE COIMBRA

Superatleta Sandra Semedo revalidou quatro títulos nacionais de tricicleta

A superatleta da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC) Sandra Semedo revalidou os seus quatro títulos de campeã nacional de tricicleta, triunfando em todas as distâncias da categoria RR2 e elevando assim para 23 o total de medalhas de ouro já conquistadas por si nesta competição.
Se dúvidas havia, esta é a confirmação de toda a sua valia enquanto atleta e do seu estatuto de grande nome da modalidade em Portugal e a nível mundial.
O feito foi conseguido durante a segunda volta do Campeonato Nacional de Tricicleta, que se disputou em Lisboa.
Sandra Semedo pensa e prepara-se já para os Jogos Mundiais CPISRA e o Campeonato da Europa IPC, que se realizam em agosto.
Nestas duas competições, a superatleta da APCC irá defender um currículo internacional a todos os títulos invejável, em que se incluem cinco medalhas (três de ouro e duas de prata) alcançadas em Campeonatos e Taças do Mundo de Tricicleta.
O SOLIDARIEDADE conversou com Sandra Semedo após as últimas conquistas internacionais, entrevista que pode ler AQUI.
Por outro lado, os atletas sub-14 e sub-21 de boccia da APCC também estiveram em destaque, conquistando um título nacional e dois segundos lugares.
Diogo Peixeiro sagrou-se campeão nacional de sub-21 na categoria BC1 e Maria Inês Rodrigues e Ana Laura Ferreira são as novas vice-campeãs sub-14 em BC1/BC2 e BC3, respetivamente, no Campeonato Nacional de Boccia Sub-14 e Sub-21.
Num campeonato que visa oferecer uma oportunidade competitiva e de afirmação aos mais novos, foi ainda realizado um concurso de técnica (skills), em que o Diogo Peixeiro obteve um diploma de primeiro lugar e o Gabriel Carvalho e Ana Laura diplomas da terceira posição.
O Campeonato Nacional de Boccia 2017/2018 de Sub-14 e Sub-23 teve lugar no Pavilhão Municipal de São João de Ver, no concelho de Santa Maria da Feira, tendo participado 25 atletas em representação de oito instituições e clubes.

 

Data de introdução: 2018-06-26



















editorial

CASAS DO POVO

1. As Casas do Povo foram criadas no regime do "Estado Novo" pelo Decreto-Lei n.º 23 051, de 23 de setembro de 1933, como peça chave da organização corporativa do trabalho rural. Funcionavam como organismos de...

Não há inqueritos válidos.

opinião

PADRE JOSÉ MAIA

Democracia à prova!
Portugal vai confrontar-se, a curto prazo, com um conjunto de testes à sua forma de organização como sociedade democrática!

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

Comércio Internacional: a outra guerra
Parece que o mundo ultrapassou recentemente mais uma crise ameaçadora para a Paz no mundo. Falamos, claro está, da surpreendente aproximação entre a Coreia do Norte e os Estados...