CEDIARA, ALBERGARIA-A-VELHA

VI Olimpíadas Seniores juntam 1.200 idosos em torno do desporto e do convívio

A Cediara - Associação de Solidariedade Social de Ribeira de Fráguas, concelho de Albergaria-a-Velha, organizou e promoveu as VI Olimpíadas Seniores, registando um novo recorde de participações: 1.200 pessoas.
Os seniores, provenientes de 55 instituições e 10 distritos, passaram um dia de enorme convívio e competição fruto da grande disputa que protagonizaram nos sete jogos a concurso. A saber, boccia, bola ao poste, curling adaptado, golfe sénior, taco a taco, arcos nos pinos e percurso de obstáculos.
Susana Henriques, diretora técnica da instituição de Ribeira de Fráguas, considerou que o evento que vai no sexto ano consecutivo, “correu muito bem”, destacando ainda que “foi extraordinário ver o empenho e entusiasmo dos participantes”.
No final de um dia cheio de competição e competitividade, porque a idade não faz esmorecer a vontade de ganhar e de fazer melhor, os vencedores foram:
Arco nos Pinos – 1º Lugar - Associação Apoio Social de Perafita, 2º - Santa Casa da Misericórdia de Espinho, 3º - Fundação José Relvas; Percurso de Obstáculos – 1º Lugar - Associação para Desenvolvimento de Figueira, 2º - Município de Lousada; 3º - Universidade Sénior de Junta de Freguesia da Carregueira; Bola ao Poste – 1º Lugar - Município de Lousada, 2º - Cediara, 3º - Câmara Municipal de Valongo; Taco a Taco – 1º Lugar - Santa Casa da Misericórdia de Penafiel, 2º - Programa Movimento Sénior (Câmara Municipal de Paredes), 3º - Sant'Ana Residência Sénior; Curling Adaptado – 1º Lugar - Câmara Municipal de Valongo, 2º - Seniores Mais Ativos (Penafiel), 3º - Programa Movimento Sénior (Câmara Municipal de Paredes); Golfe Sénior – 1º Lugar - Posto de Assistência de Alvarães, 2º - Santa Casa da Misericórdia da Lousã, 3º - Centro Paroquial de Solidariedade Social de Febres; Boccia – 1º Lugar - Município de Lousada, 2º - Seniores Mais Ativos (Penafiel), 3º - Programa Movimento Sénior (Câmara Municipal de Paredes).

 

Data de introdução: 2018-05-04



















editorial

ESTADO E PROTECÇÃO SOCIAL

(...) Estas organizações estão protegidas pelo número 5 do artigo 63º da Constituição da República Portuguesa, que reconhece a  sua existência, enquadrando, então, as Instituições Particulares...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. DA SILVA PENEDA

Mais proximidade e mais horizontalidade nas políticas sociais
Seguramente que em Portugal as realidades sociais são distintas, por exemplo, entre as regiões do interior, mais rurais, de outras, como os grandes centros urbanos e as suas periferias.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

O peso da História
A História pesa sempre na construção da identidade de um país. Em alguns casos, ela é mesmo invocada como factor decisivo na definição da consciência...