ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Associadas da CNIS votam favoravelmente adesão à CESP

Reunidas em Assembleia Geral Extraordinária, as IPSS associadas da CNIS votaram favoravelmente a adesão à Confederação da Economia Social Portuguesa (CESP).
A larga maioria das 134 instituições presentes em Fátima, neste dia 24 de março, apoiou a proposta da Direção, com 95 votos a favor, 28 contra e 11 abstenções.
Depois de suspensa e adiada a AG Extraordinária que, em novembro, abordou pela primeira vez a questão e realizada uma sessão de esclarecimento em janeiro, no Dia da CNIS, neste dia 24 de março houve tempo de novo debate antes da votação.
Diversos dirigentes das IPSS presentes expressaram a sua opinião abertamente, uns contra outros a favor, algo que acabou por se refletir na votação. No entanto, ficou bastante evidente o consenso em torno da ideia de a CNIS integrar a CESP, que a partir de 31 de março agregará as oito mais representativas organizações da Economia Social.
“Tenho medo do unanimismo, mas só crescemos com debate e este é o lugar onde nos devemos confrontar”, disse depois o padre Lino Maia, presidente da CNIS, em jeito de comentário aos resultados da votação.

 

Data de introdução: 2018-03-25



















editorial

COOPERAÇÃO (Conclusões do Encontro Nacional)

A rede capilar de serviços sociais prestados pelas IPSS em todo o País, a todos, mas preferencialmente aos mais desprotegidos, desde o litoral urbano às periferias despovoadas do interior, corresponde a um mandato e possui um fundamento constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

A América Central de novo em foco
Há uns anos atrás, alguns países da América Central motivaram um grande interesse da opinião pública internacional. Tudo porque ali se travava uma guerra, embora...

opinião

PADRE JOSÉ MAIA

“PORTUGUESES: satisfeitos com o governo …insatisfeitos com a VIDA”!
Foi exatamente esta a mensagem que o jornal PÚBLICO adotou, recentemente, como título de primeira página.