CASA DO POVO DE ABRUNHEIRA, MONTEMOR-O-VELHO

Masterchef Sénior é estratégia para o envelhecimento ativo

Prosseguindo a sua missão de proporcionar um envelhecimento ativo aos utentes, a Casa do Povo de Abrunheira, no concelho de Montemor-o-Velho, realizou mais uma edição, a terceira, do Masterchef Sénior, inspirado no formato original televisivo.

É propósito dos responsáveis pela instituição proporcionar aos idosos que acolhem atividades que, no caso, pretende estimular a memória (recordar e pôr em prática receitas antigas), a motricidade fina (cortar os alimentos) e promover o espírito de grupo e o saber-fazer (definir os pratos a confecionar e as tarefas na realização dos mesmos).

No final da confeção, cada prato foi submetido a uma apreciação por parte do júri que avaliou as propostas gastronómicas, tendo-as classificado em três categorias: melhor sabor, prato mais original e melhor apresentação.

A 3ª edição do concurso-convívio decorreu no dia 4 de março e juntou equipas com elementos das várias estruturas da instituição. Os produtos usados foram uma vez mais os endógenos do Baixo Mondego, assim como as propostas gastronómicas apresentadas, que também fazem parte do imaginário e da identidade da região.
A iniciativa culminou num convívio de degustação conjunta de todos os pratos apresentados.

 

Data de introdução: 2017-03-08



















editorial

COOPERAÇÃO (Conclusões do Encontro Nacional)

A rede capilar de serviços sociais prestados pelas IPSS em todo o País, a todos, mas preferencialmente aos mais desprotegidos, desde o litoral urbano às periferias despovoadas do interior, corresponde a um mandato e possui um fundamento constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

ANTÓNIO JOSÉ DA SILVA

A América Central de novo em foco
Há uns anos atrás, alguns países da América Central motivaram um grande interesse da opinião pública internacional. Tudo porque ali se travava uma guerra, embora...

opinião

PADRE JOSÉ MAIA

“PORTUGUESES: satisfeitos com o governo …insatisfeitos com a VIDA”!
Foi exatamente esta a mensagem que o jornal PÚBLICO adotou, recentemente, como título de primeira página.